Você sabe o que é Educação a Distância, EAD?

Hoje, muito provavelmente, você já deve ter feito ou pode ter se interessado em fazer algum curso à distância. Seja pela grande opção de cursos, pela flexibilidade de tempo ou pelo custo (R$) mais em conta que o similar presencial.

A ideia de passar conhecimento fora da sala de aula não é nova, e muitos estudos foram feitos na área para se chegar a um conceito mais concreto, alguns dos mais relevantes foram:

Dohmem em 1967
Educação a Distância é uma forma sistematicamente organizada de auto-estudo onde o aluno instrui-se a partir do material de estudo que lhe é apresentado, o acompanhamento e a supervisão do sucesso do estudante são levados a cabo por um grupo de professores.

Peters em 1973
“A Educação a Distância é uma forma industrializada de ensinar e aprender”.

Keegan em 1991
O autor define a Educação a Distância como a separação física entre professor e aluno, que a distingue do ensino presencial, com possibilidade de encontros ocasionais com propósitos didáticos e de socialização.

Lembra dos cursos por revistas e livros, onde você recebia o certificado por correspondência? Provavelmente seu avô ou aquele tio mais velho tenham feito algum desses cursos. Lembra do Telecurso 2000 que passava no início da manhã? Então todos eles são exemplos de EAD e fizeram parte do processo evolutivo e contínuo dessa metodologia, onde hoje, o destaque fica com os CURSOS LIVRES, que veremos nos próximos artigos.

 

MAS, VOCÊ SABE QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS SEMELHANÇAS E DIFERENÇAS ENTRE O ENSINO PRESENCIAL E O EAD?

Ensino Presencial

  • Tem ambiente físico onde alunos e professores se reúnem diariamente.
  • Os horários de aula são fixos e respeitam o turno do curso (matutino, vespertino ou noturno).
  • As aulas, atividades e avaliações são realizadas em sala ou laboratório, presencialmente.
  • Para aprovação, além de atingirem a média, os alunos precisam ter pelo menos 75% de frequência nas aulas.
  • A frequência do aluno é contabilizada através da presença em sala de aula.
  • Os professores estão em contato direto com os alunos durante as aulas, podendo responder a qualquer pergunta na hora.
  • Existe um limite de vagas físicas. 

Educação a Distância

  • Tem um ambiente virtual de aprendizagem, conhecido como AVA, onde os alunos e professores interagem.
  • Os horários são 100% flexíveis e não há turnos.
  • As aulas, atividades e avaliações são realizadas no AVA de diversas formas.
  • Para aprovação, além de atingirem a média, os alunos precisam ter pelo menos 75% de frequência nas aulas.
  • A frequência do aluno é contabilizada através dos acessos aos conteúdos dos cursos.
  • Os professores não estão em contato direto com os alunos durante as aulas, mas respondem a qualquer pergunta através de fóruns, chats, e mensagens no AVA.
  • Não existe limite de vagas físicas. Elas são definidas pela quantidade de professores e tutores por disciplina na instituição. Geralmente são de 50 a 200 alunos por turma virtual e chama-se Ensalamento.

 

FINALMENTE, QUAL O CONCEITO DE EAD NO BRASIL?

O conceito de Educação a Distância no Brasil é definido oficialmente no Decreto nº 5.622 de 19 de dezembro de 2005 (BRASIL, 2005):

Para os fins deste Decreto, caracteriza-se a Educação a Distância como modalidade educacional na qual a mediação didático-pedagógica nos processos de ensino e aprendizagem ocorre com a utilização de meios e tecnologias de informação e comunicação, com estudantes e professores desenvolvendo atividades educativas em lugares ou tempos diversos.

§ 1º A Educação a Distância organiza-se segundo metodologia, gestão e avaliação peculiares, para as quais deverá estar prevista a obrigatoriedade de momentos presenciais para:

I – avaliações de estudantes;
II – estágios obrigatórios, quando previstos na legislação pertinente;
III – defesa de trabalhos de conclusão de curso, quando previstos na legislação pertinente e
IV – atividades relacionadas a laboratórios de ensino, quando for o caso.

O link para a versão completa do decreto está disponível ao final desse artigo.

 

SE INTERESSOU E QUER MONTAR UM CURSO? VEJA POR ONDE COMEÇAR.

Regulamentação para execução de projetos em EAD

Todo projeto de EAD deve estar de acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação, bem como portarias, resoluções e normas do Ministério da Educação e das Secretarias Estaduais de Educação, compõem a legislação brasileira sobre EAD.

As modalidades escolares e as competências legais são:

– Educação Infantil: supervisão do Município (ou Estado, caso haja Ensino Fundamental conjuntamente);
– Ensino Fundamental (incluindo EJA e Educação Especial): supervisão do estado;
– Ensino Médio (incluindo EJA e Educação Especial): supervisão do estado;
– Ensino Profissional (Técnico): supervisão do estado;
– Escolas Livres (Línguas e Cursos Técnicos): não necessita de supervisão do MEC ou do Estado;
– Educação de Jovens e Adultos – EJA (Suplência): supervisão do estado, por outorga do Governo Federal;
– EAD – Educação a Distância: supervisão federal.

As empresas que não são do ramo de educação estão investindo e lucrando com as Escolas Livres (Línguas e Cursos Técnicos), pois não há supervisão do MEC ou do Estado. Hoje é possível encontrar todo tipo de curso técnico EAD, desde linguagem em Libras até corretagem de imóveis e etc.

Você tem uma ideia para algum curso e não sabe se pode ser um CURSO LIVRE EAD? Fale conosco, podemos lhe ajudar a fazer parte desse sucesso!

 

Os principais regulamentadores para nortear esses projetos são o Decreto 5622 e as portarias do Decreto 5773.

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/decreto/d5622.htm
http://www4.mec.gov.br/sapiens/portarias/dec5773.htm

Já para Avaliação de um curso é o Instrumento de Avaliação de Cursos de Graduação presencial e a distância – 17/04/2015

Este Instrumento subsidia os atos autorizativos de cursos – autorização, reconhecimento e renovação de reconhecimento – nos graus de tecnólogo, de licenciatura e de bacharelado para a modalidade presencial e a distância. De acordo com o art. 1º da Portaria Normativa 40/2007, consolidada em 29 de dezembro de 2010, a aplicação dos indicadores desse instrumento dar-se-á exclusivamente em meio eletrônico, no sistema e-MEC.

Acesse o Instrumento de Avaliação:

http://download.inep.gov.br/educacao_superior/avaliacao_cursos_graduacao/instrumentos/2015/instrumento_avaliacao_cursos_graduacao_presencial_distancia.pdf

Nota técnica (revisão do Instrumento de Avaliação):

http://download.inep.gov.br/educacao_superior/avaliacao_cursos_graduacao/legislacao_normas/2015/nota_tecnica_DAES-INEP_n008-2015.pdf


Bruno Moraes

Idealizador e fundador da Jambo, Analista de Sistemas, Web designer e Especialista em Educação à Distância e em Qualidade e Governança de TI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *